Campanha quer incentivar vítimas a quebrar o silêncio

Com o objetivo de orientar as vítimas de violência doméstica, em especial as crianças, mulheres e idosos para que denunciem os abusos, maus-tratos e violências sofridas, a deputada Dra. Damaris Moura apresentou na segunda-feira, (29/4), projeto de lei que institui no estado o Dia da Campanha Quebrando o Silêncio.

Além da promoção de ações educativas, divulgação de conteúdos de conscientização sobre direitos e formas de denúncia que ocorrem o ano inteiro, a campanha teria seu marco no quarto sábado do mês de agosto, chamado “Dia de ênfase contra o abuso e a violência”. Na data, seriam realizadas passeatas, fóruns, escolas de pais, eventos de educação contra qualquer forma de violência, sempre com o objetivo de conscientizar e despertar a comunidade para esse grave problema.

“Todos os dias, a mídia nos mostra alguns casos assustadores. Mas há milhares de casos e tragédias particulares ocultas pelas paredes dos chamados lares. As crianças, mulheres e idosos são as principais vítimas. E seus algozes continuam impunes, protegidos pelo silêncio daqueles que deveriam proteger e cuidar. Basta! Precisamos mudar estas estatísticas assustadoras. Onde a lei do silêncio impera, como legisladores temos o dever de dar voz às vítimas”, declarou a deputada Dra. Damaris.

Escreva um comentário