Ato solene celebra Dia Internacional da Mulher

O mandato da deputada Dra. Damaris Moura promoveu nesta segunda-feira, (8/3), em ambiente virtual, o Ato Solene em Homenagem às Mulheres do Estado de São Paulo, em celebração ao Dia Internacional da Mulher.

A data celebra a adesão de 1.500 mulheres à manifestação em busca de igualdade – tanto econômica quanto política, ocorrida em maio de 1908, nos Estados Unidos. Em 1977, a data passou a ser reconhecida oficialmente pela Organização das Nações Unidas (ONU) e integrar o calendário internacional.

A deputada Dra. Damaris Moura falou sobre a importância da participação feminina na política brasileira, visto que o país ocupa a 140ª posição no ranking de representação feminina em cargos legislativos elaborado pela União Interparlamentar, órgão ligado à ONU. “Pouquíssimas mulheres no Brasil estão postulando um cargo eletivo, e é importante que ocupemos esses espaços, pois levamos aos parlamentos e aos executivos Municipais e Estaduais, essa potencialidade que nos é inerente. Somos tão úteis à sociedade quanto os homens”, defende.

Ela também comentou sobre medidas aprovadas no Legislativo paulista visando ampliar a proteção às mulheres e citou a Lei 17.186/2019, de sua autoria, que institui o dia da campanha Quebrando o Silêncio no Estado, celebrado anualmente no quarto sábado do mês de agosto. A proposta foi elaborada com o propósito de conscientizar a população sobre os males da violência e para motivar as mulheres a denunciarem seus agressores. “É uma campanha de utilidade pública, que já existe há 17 anos no mundo, e tem ajudado a salvar milhares de mulheres, conscientizando-as e incentivando-as a superar o maior obstáculo para se combater a violência: o silêncio da vítima.”

 

O encontro reuniu quatro palestrantes: a apresentadora Mhel Lancerotti, criadora do grupo “As mulheres e suas dores”; a professora Telma Brenha, líder do Ministério da Mulher em São Paulo; a pastora, líder ministerial de mulheres e master coach Bianca Pagliarin; e a professora Sara Matos Lima, líder da Área Feminina da Associação Ministerial em São Paulo.

Ao fim da solenidade, a deputada prestou homenagem à missionária Lidiane Barros de Souza Silva, que faleceu vítima de câncer no início de março. “Seu legado, como mulher virtuosa, vai se estender, de geração a geração. Sua força inspirou e vai inspirar muitas mulheres”.

Escreva um comentário